Caza de casa nova!

A Caza Design se mudou! Está de casa nova 🙂 Mas antes dessa mudança externa veio uma grande mudança interna, que ainda está em andamento.

Começando do começo, minha vida mudou quando me formei, em 2009, em Design de Interiores. Formada em Administração de Empresas e tendo estudado Cinema por dois anos, minha experiência profissional era até então, (bem) resumidamente, nas áreas financeira e de produção.

Mas a maior mudança ainda estaria por vir, e não seria de algum curso mais formal. Foi quando tive o contato, em 2011, com uma galera que estava trazendo o The Hub para o Rio (que hoje, depois de muitas transformações, é um espaço incrível nascendo na Gamboa, o GOMA). Era pra ser só um co-work, onde diversos profissionais compartilham um espaço de trabalho, mas a experiência, os aprendizados e as conexões estavam para muito além disso.

Para não tornar este post quase uma biografia, compartilho que vivi esse movimento intensamente por quase um ano. Daí veio novos amigos, novos pensamentos e formas de ver o mundo e a mim mesma, novas filosofias e entendimento sobre a importância de trabalhar com propósito – e como isso transforma o trabalho em realização pessoal, uma vez que na nossa vida tudo está conectado.

Junto a esses novos conceitos, que cada vez mais iam fazendo sentido pra mim, descobri que existem pessoas que sonham e acreditam que um mundo melhor é possível. Conheci diversas organizações, indivíduos, coletivos, cursos, vivências e lugares onde isso é discutido, desenhado, implementado, disseminado. Assim conheci o Germinar, do Instituto EcoSocial, onde me formei em 2012 como facilitadora. Participei do Emerge Compacto da IOU, fiz o workshop de Facilitação Criativa da PYE, e entre outros encontros, estudos e experiências, pude fazer no ano passado o curso Going Over the Edge, de arquitura orgânica, do escritório sul-africano Natural’s Cools.

Assim, de toda essa mistura, surgiu uma forma diferente também de realizar meu trabalho, de colocar no mundo meus ‘recém-descobertos’ talentos. Através do Hub Rio tive contato com o co-design, e hoje acredito que é possível, e necessário, trabalhar com o cliente de forma mais participativa.

Só coisa boa!!

Beijos, e até já!

Postado em Caza Blog por / fevereiro 17th, 2014 / Sem comentários »

Deixe uma resposta